Como e porque melhorar o nível de proteção de risco da minha empresa, por Orlando González, Marsh Puerto Rico

Matérias 22 de julho de 2020

   Diante dos custos de seguros de Property, se torna cada vez mais importante que as empresas invistam tempo e recursos para melhorar seu nível de proteção de riscos. De acordo com nosso reporte Global Insurance Market Index do primeiro trimestre de 2020, os seguros de Property aumentaram em 15% nesse período, três pontos percentuais mais que o trimestre anterior.

Quando se fala em Property Risk Management, nos referimos aos riscos físicos aos quais as propriedades da empresa pudessem estar expostas, portanto, sua operação. O objetivo é categorizar a operação (edifícios, estruturas físicas e conteúdo) para que atenda ou exceda uma série de critérios de risco. Esses critérios incluem o que denominamos COPE:

Construção

Ocupação

Proteção

Exposição

Em que nível esses elementos são projetados para proteger adequadamente a empresa (propriedades e negócios) contra o risco de incêndio, roubo e outros riscos associados, como riscos naturais (furacão, terremoto, inundação) que podem causar danos à propriedade e, portanto, suas operações?

Outros elementos que a indústria de seguros se utiliza para medir o nível de risco são:

Interesse e compromisso da gerência em controle de riscos. Este componente pode ser medido, em parte, com o cumprimento de recomendações emitidas para melhorar os riscos.

Desenvolvimento de programas de controle de riscos (exemplo: manutenção preventiva e preditiva, autorizações de trabalho, impedimento de sistemas de proteção, inspeções internas, etc.).

Operações e serviços redundantes e elementos-chave para evitar a interrupção das operações.

Preparação para desastres ou planos de continuidade de negócio.

Para isso, a fim de medir o nível de proteção de riscos, consideramos a seguinte soma:

COPE + GESTÃO + CONTROLES + REDUNDÂNCIA + BCP

Cabe mencionar que esse critério pode variar para cada seguradora, da mesma forma que o peso outorgado para cada elemento da soma, até mesmo em função de cada operação.

Benefícios de melhorar o nível de proteção de riscos:

Ao melhorar o seu nível de proteção de riscos, as empresas:

estarão mais preparadas para competir, pois serão menos propensas a experimentar perdas, permitindo, assim, a continuidade das operações. Exemplo: um incêndio pode retirar um produto do mercado, com efeitos devastadores. Se o produto de uma empresa é destruído em um incêndio, seus clientes simplesmente buscarão outra opção. Quando isso acontece, esse mercado, muitas vezes, não se recupera e o negócio é forçado a fechar.

terão uma melhor aceitação no mercado de seguros, portanto, melhores taxas de seguros

melhorarão sua capacidade de se ajustar a mudanças (resiliência empresarial ou de negócio)

conseguirão benefícios que incluem prevenção e proteção contra acidentes que podem extinguir a existência de uma empresa para sempre.

Certamente, você pode ter muitas dúvidas sobre este tema, como, por exemplo, por onde começar. Procure seu consultor de riscos e seguros que poderá ajudar você a administrar os riscos da sua empresa, sejam eles seguráveis ou não.

Melhorar seu nível de proteção de riscos permitirá à sua empresa estar mais preparada para competir, ter uma melhor aceitação no mercado segurador e se proteger para incidentes.

Por Orlando González, Marsh Puerto Rico

Link oficial: https://www.marsh.com/br/insights/risk-in-context/melhorar-nivel-de-protecado-de-risco-da-empresa.html