Cerca de 75% das empresas familiares no Brasil fecham após serem sucedidas pelos herdeiros

Matérias 02 de abril de 2019

    Especialista lança no próximo dia 4 de abril, em Belo Horizonte, publicação inédita que ensina empresários como blindar seu patrimônio e realizar uma sucessão empresarial segura

Segundo pesquisa da consultoria PwC, 75% das empresas familiares no Brasil fecham após serem sucedidas pelos herdeiros, um dado preocupante em um universo em que 9 em cada 10 empresas no país são familiares, como mostra o IBGE. Este alto índice de mortalidade do segmento mostra que apenas 7 em cada 100 empresas chegam à terceira geração.

Num cenário de 6 a 8 milhões de empresas no Brasil, 90% comandadas por famílias, os altos números devem ser olhados com cautela pois impactam diretamente nos pilares da economia do país já que representam 65% do PIB e empregam 75% de trabalhadores.

Há 12 anos no mercado, o consultor Tiago Melo se deparou muitas vezes com situações em que a falta de conhecimento mais aprofundado, a inexistência de diretrizes claras e a não utilização das ferramentas adequadas levava empresas familiares a enfrentar desafios que as colocavam em uma posição de alto risco e a casos de falência que o autor considera que poderiam ser evitadas com a estratégia correta. "As pessoas física e jurídica de um empreendedor têm a vida umbilicalmente interligada, assim como o patrimônio dele. Isso demanda estratégias para que possamos preservar essa dualidade, sem que o patrimônio construído e a continuidade do negócio sejam afetados por alguma intercorrência não controlada. O falecimento ou a perda da capacidade produtiva do gestor de um negócio podem dilapidar, de forma severa, ambos os patrimônios, colocando herdeiros e sócios em uma situação difícil", conta.

Com esta visão, Tiago Melo escreveu "Xeque-mate: Descomplicando a Sucessão Empresarial e Proteção Patrimonial por meio do Seguro de Vida", livro com abordagem dentro de uma perspectiva inédita na literatura do segmento no país por tratar de temas que ainda são muito pouco discutidos na grande maioria das empresas familiares do Brasil, mas que são um dos maiores - quiçá o maior - motivo para a falência dos empreendimentos: a sucessão de empresas e a proteção do patrimônio construído. Com vasta experiência no mercado securitário e há quase 10 anos estudando o que leva a longevidade das empresas e patrimônios, Tiago Melo mostra no livro, de forma simples, descomplicada e de fácil entendimento, todos os trâmites a serem realizados para se ter segurança na sucessão no comando de uma empresa e na proteção do patrimônio construído.

A publicação, que será lançada no próximo dia 04/04, quinta-feira, às 19 horas, no Espaço Sou BH, em Belo Horizonte (MG), apresenta um conceito próprio, O PRINCÍPIO DA CONTINUIDADE DE UM NEGÓCIO. E a inspiração para escrever o manual veio de uma experiência que Tiago Melo teve anos atrás, quando, após seu pai falecer, encontrou um manual particular feito por ele, que era um renomado consultor na área, com anotações de conduta sucessória para seus clientes. "Meu pai já se preocupava com o legado de seus clientes e com a perpetuação de seus negócios. Eu também tenho essa essência altruísta de querer entregar algo de valor para a sociedade. Espero poder contribuir com a transformação de um cenário", explica Melo.

Utilizando exemplos cotidianos, o autor leva o leitor por meio do direito, da contabilidade e da economia para o altruísmo da ferramenta que é o seguro de vida na proteção do legado construído, um recurso empregado pelo homem desde 1300 e que Tiago Melo considera como uma espécie de "última carta de amor" que uma pessoa pode deixar a seus herdeiros. Segundo Tiago, o instrumento é muito utilizado pelas empresas americanas que, diferente das brasileiras, tem sua linha sucessória chegando até a quinta geração.

Além disso, no livro, o especialista utiliza a metáfora do jogo de xadrez para tratar o tema, alusão que dá o nome a publicação. "Quero metaforicamente utilizar essa relação para lhes apresentar um das mais estratégicas ferramentas quando se fala em sucessão empresarial e proteção patrimonial. No xadrez, precisamos de uma peça forte, aquela que dirá o andamento do jogo, aquela que pode ir a todas as direções, atendendo as mais diversas necessidades, nos mais valiosos contextos. No jogo da sucessão empresarial e resguardo patrimonial também tem uma "rainha" que eu conto detalhadamente no livro", revela.

Aliás, a linguagem metafórica foi a forma que Tiago Melo encontrou para que o conteúdo técnico se tornasse mais palatável e cumprisse o objetivo maior de ser uma fonte de conhecimento e informação relevante para empresários de qualquer segmento que tem a responsabilidade de pensar o planejamento sucessório. "Sei que a falta de capacitação é um dos grandes empecilhos para a preservação do patrimônio. O livro foi escrito numa linguagem próxima, com conteúdo de valor e aplicável que faz o leitor se sentir sentado no sofá com o consultor, tomando café, enquanto tira suas dúvidas. Espero, assim, ajudar a transformar os dados negativos do setor e contribuir com o avanço da jornada das empresas", conta o autor que completa: "O que realmente quero com a publicação é que os empresários possam se prevenir dos futuros incertos e estarem prontos agora para tomar decisões assertivas que reflitam num futuro próspero para seus negócios", finaliza.

"Xeque-mate: Descomplicando a Sucessão Empresarial e Proteção Patrimonial por meio do Seguro de Vida" de Tiago Melo é uma obra independente e conta com 128 páginas, dividida em 7 capítulos, disponibilizada no site www.tcbm.com.br e nas redes sociais do autor por R$150,00. Tiago Melo é fundador da TCBM Gestão de Riscos e há 12 anos atua como consultor e assessor no mercado financeiro, dentro e fora do país e há 9 anos se dedica de forma intensa ao mercado securitário, com vários reconhecimentos nacionais e internacionais.

Sobre o autor

É especialista em sucessão empresarial, proteção patrimonial e financeira e gestão de riscos, utilizando ativos securitários como ferramenta principal de atividade. É membro da MDRT (Million Dollar Round Table) com a graduação Court of The Table. A MDRT é a maior e mais conceituada associação internacional dos profissionais do mercado securitário e financeiro, que congrega no Brasil menos de 2% dos melhores especialistas do ramo com essa certificação. É Country Chair Brazil do Membership Communications Committee Brazil, representando todos os membros brasileiros da MDRT. É inclusive, o presidente mais novo da associação que já tem 92 anos de trajetória. Faz parte do Board LP Experience, grupo formado com os 10 maiores talentos da inadataria securitária e financeira, da LP Experience, organização que tem o intuito de aperfeiçoar, desenvolver e fomentar intelectualmente o mercado securitário e financeiro brasileiro.

SERVIÇO
Lançamento do livro "Xeque-mate"
Autor: Tiago Melo
Edição: própria
Data: 4 de abril de 2019, quinta-feira.
orário: 19h00 às 22h
Local: Espaço SouBH, no Pátio Savassi (Av. do Contorno, 6061, loja 339, piso L3).
Preço do livro: R$ 150,00
Onde comprar: No dia do evento, no site www.tcbm.com.br e nas redes sociais do autor (@tiagomelomdrt).


Segunda, 01 Abril 2019
Escrito ou enviado por  Marco Aurélio Neves

Link da notícia: https://www.segs.com.br/seguros/163891-cerca-de-75-das-empresas-familiares-no-brasil-fecham-apos-serem-sucedidas-pelos-herdeiros